sexta-feira, 17 de julho de 2015

CPI da AGESPISA, já!




“O deputado estadual Robert Rios já conseguiu colher nove assinaturas, de dez necessárias, para a instauração de uma Comissão Parlamentar de Investigação para apurar as dividas da AGESPISA desde o governo Freitas Neto (1991/1994). Atualmente, o déficit nas contas do órgão ultrapassa R$ 1 bilhão, com um déficit mensal de R$ 5 milhões”.

O estado falimentar da empresa de Água e Esgoto do Piauí (A/S) exige que a vida dessa empresa seja investigada para que piauiense que sofre com o serviço de péssima qualidade ofertado por empresa estatal saiba que são os responsáveis pela situação deplorável de uma empresa que bem administrada e sem que os nossos governantes façam uso político dela, não tem com operar no vermelho e acumular dividas monumentais.

Os deputados situacionistas deveriam ser os maiores interessados em apurar os desmandos, as causas e os responsáveis pela falência da AGESPISA. Essa empresa ainda não pediu concordata, porque o governo estadual toda vez que a situação fica fora de controle, envida todos os esforços para socorrê-la.

Aliás, essa CPI que depende só de um voto para ser instalada deve começar às suas investigações pela Barragem da Onça em São Raimundo Nonato - que fornece água pobre aos consumidores do município de São Raimundo Nonato e região. Eu duvido que o presidente da AGESPISA tenha coragem de consumir água da Barragem da Onça.


A propósito: os ricos e a classe média de São Raimundo Nonato tomam banho e lavam os seus cabelos com água mineral.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário