terça-feira, 18 de agosto de 2015

A imagem do PT está muito desgastada



 Só faltou o deputado Sibá Machado (PT-AC) que afirmou que protestos populares estão fora de moda

A assessoria da presidenta Dilma Rousseff cometeu um grave erro ao escalar um triunvirato formado pelo deputado federal José Guimarães (PT-CE) (irmão de José Genuíno, o guerrilheiro que sobreviveu à Guerrilha do Araguaia sem nenhum trauma), o senador José Pimentel (PT-CE) e o também petista, o ministro das comunicações Edinho Silva. É que o filme do Partido dos Trabalhadores (PT) está tão queimado que compromete a imagem de que é apoiado ou defendido por petistas.

O silêncio do governo federal sobre as manifestações do dia 16/08, teria sido recebido pelo povo brasileiro que não saiu de casa, como um comportamento respeitoso de parte de um governo que está sendo questionado, pressionado e que precisa ‘reagir sair das cordas e jogar ao mar’ os bandidos e corruptos, responsáveis pelos dissabores por que passa a presidenta Dilma Rousseff. Dilma Rousseff que foi poupada pelo jornal britânico Financial Times na sua edição de ontem, ao frisar na sua matéria sobre uma eventual mudança no governo ao afirmar que Dilma Rousseff nunca foi citada no escândalo do Petrolão.   

O PT nunca foi um partido tolerante

Os petistas que foram para a televisão fazer a defesa do governo da presidenta Dilma Rousseff, um dia após as manifestações que ocorreram em quase todo o país, passaram a maior parte do tempo concedido ao governo para se explicar, cobrando tolerância dos manifestantes. Tolerância, uma palavra que nunca constou do dicionário do PT quando partido de oposição. Tolerância é uma palavra que não combina com manifestações contra governo.   

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário