sexta-feira, 28 de agosto de 2015

A imprensa nacional quer trocar seis por meia dúzia


A grande pergunta que o povo brasileiro anda se fazendo neste momento, é sobre quem colocar no lugar da presidenta Dilma Rousseff, caso o quarto governo do Partido dos Trabalhadores (PT) não chegue ao seu fim. Ocorre que o vice-presidente da república Michel Temer pertence a um partido que ocupa vários ministérios no governo Dilma Rousseff, centenas de cargos no segundo e terceiros escalões e ainda por cima tem o presidente da Câmara Federal e do Senado denunciados pelo MPF ao Supremo tribunal Federal (STF) por corrupção. A moral do PMDB é a moral de próstibulo.

A grande imprensa nacional está em campanha aberta para tirar Dilma Rousseff do governo e colocar um 'PMDB imoral' no seu lugar, para pavimentar o caminho de um tucano rumo ao Palácio do Planalto.

Se este país está a exigir mudanças pra valer, não vai ser com peemedebistas viciados em poder e denunciados pelo MPF que iremos atingir o nosso principal objetivo que é moralizá-lo. Pra ser sincero, nenhum partido brasileiro neste momento da vida nacional merece o respeito e a confiança do povo brasileiro. Sugiro o nome de Joaquim Barbosa para presidente da república. Mas Dilma Rousseff precisa consertar os seus erros ou remediá-los, para que o futuro presidente da república receba um país nos trilhos da moralidade e da ética.    

Não custa nada insistir na tese de que o PMDB é parceiro e sócio no grande negócio chamado Brasil.  

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário