sexta-feira, 18 de setembro de 2015

A grande ironia


A grande ironia reside no fato do PMDB fazer parte do governo Dilma Rousseff ao mesmo tempo em que se posiciona como oposição


O presidente da Câmara Federal que já foi formalmente denunciado pelo Procurador Geral da República (PGR), conspira contra o governo legitimo da presidenta Dilma Rousseff, numa tentativa desesperada para salvar-se de uma condenação iminente.

Essas crises todas que o Brasil está atravessando não podem ser contabilizadas só na conta do Poder Executivo, mas também na conta do Poder Legislativo que ao invés de ajudar o governo federal a superar as crises econômica, política e moral, que poderá descambar numa gravíssima crise institucional, sob o comando de Eduardo Cunha investem no quanto pior melhor e no afastamento da presidenta.

Eduardo Cunha na defesa de um projeto pessoal e na sua guerra pessoal contra o governo da presidenta Dilma Rousseff, ameaça tocar fogo no país.

O PMDB continua sendo o maior problema brasileiro, porque é um partido que visa unicamente participar do poder e tirar proveito dele.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino  
Postar um comentário