sábado, 26 de setembro de 2015

O PT e Lula deixaram de ser bons cabos eleitorais


Essa imagem é coisa do passado, porque o PT e Lula traíram a confiança do povo brasileiro.


A política brasileira muda numa velocidade surpreendente. Até o ano passado, o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - que eram vistos até então como os maiores e melhores cabos eleitorais, caíram em desgraça e hoje o apoio tanto de um como de outro a esse ou aquele, ao invés de ajudar a eleger, muito pelo contrário, atrapalham sobremaneira.

Dentro do Partido dos Trabalhadores (PT) tem gente defendendo um recuo estratégico do partido nas eleições municipais de 2016 para evitar um desgaste maior à imagem de um partido que na era Lula era capaz de eleger postes, como o atual prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad e a própria presidenta Dilma Rousseff.

Na região Nordeste, até a eleição municipal passada, os marqueteiros colavam a imagem dos seus pupilos às de Lula e a do PT. Nos palanques os candidatos a vereador e a prefeito nos seus discursos falavam mais dos programas Bolsa Família, Prouni, Minha Casa Minha Vida e Luz Para todos do que dos seus próprios projetos e biografias.

Na eleição municipal de 2016 ligar o nome do candidato ao de Lula e ao PT é um risco, porque ambos caíram em desgraça e vai levar muito para que o PT recupere a sua antiga imagem. Imagem de um partido sério e comprometido com os mais pobres e os trabalhadores. 

O Partido dos Trabalhadores e Lula vão ter que imergir por um longo período de tempo.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário