domingo, 18 de outubro de 2015

O país assiste a um Festival de hipocrisias que abala o país


O país assiste pasmado a um Festival de hipocrisias que abala o país

O presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha vai a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras espontaneamente e jura que não tem contas no exterior. O ex-presidente da república Luiz Inácio da Silva presta depoimento ao Ministério Público Federal de maneira espontânea e também nega as acusações que pesam contra ele feitas por doleiros. Todos os investigados negam as acusações.

Muito dos políticos que constam da lista da Operação Lava Jato divulgada pelo MPF escondem, enganam e despistam sobre as denuncias e as investigações feitas pela Policia Federal (PF) que apontam os seus envolvimentos nesse escândalo. O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mesmo diante de tantas evidências, ainda nega as acusações que pesam contra si e acusa o Procurador Geral da República (PGR) de perseguição.

Se o juiz Sérgio Moro, os procuradores da república e a Policia Federal estão sendo levianos, nós estamos vivendo uma crise de credibilidade. Eu prefiro acreditar no Poder Judiciário, no Ministério Público Federal e na Polícia Federal. 

por Francisco de Assis Bandeira de Mello  Albuquerque

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário