quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Queda na aprovação do governo foi estancada


Pelos dados da última pesquisa CNI/IBOPE a aprovação ao Governo parou de cair. Está estável, porque não houve muita mudança.

A aprovação do governo parou de cair, a partir do momento em que a presidenta Dilma Rousseff começou a reagir e a ser mais propositiva e afirmativa; um comportamento que ela vinha descurando nos últimos meses.

A presidenta Dilma Rousseff ao ampliar a participação do PMDB no governo desarmou uma bomba que os caciques desse partido estavam armando para detonar o seu governo.

O PMDB sai dessa reforma ministerial mais fortalecido, mas em contrapartida mais dividido e os seus principais líderes enfraquecidos, porque a presidenta buscou apoio na base do partido, em detrimento de lideranças como as de Eduardo Cunha e Michel Temer.

O que também contribui para que o governo passasse a respirar mais aliviado, foi o povo ter percebido que a oposição é inconsequente e os seus líderes não tem um programa de governo para uma eventual renuncia ou impeachment da presidenta. Só Dilma Rousseff poderá salvar o país.   

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino 
Postar um comentário