quinta-feira, 26 de novembro de 2015

O PT "abandonou" Delcídio para não complicar ainda mais sua situação



O senador Delcídio Amaral (PT-MS) foi abandonado à sua própria sorte, para não contaminar ainda mais o governo Dilma Rousseff
O Partido dos Trabalhadores abandona Dulcídio Amaral e deixa seus pares revoltados. 

O presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o jornalista Ruy Falcão ao assinar uma nota onde o PT não se responsabiliza pelas ações do senador Delcídio Amaral (PT-MS), preso num hotel em Brasília, onde segundo a Policia Federal o líder do governo no Senado combinava a fuga de Nestor Cerveró, um dos principais acusados pela Operação Lava Jato, não reflete a realidade. É que o senador Dulcídio Amaral não é um petista qualquer.Trata-se do líder do governo no Senado. Hoje ex-líder.

Ocorre que na sessão extraordinária do Senado de ontem que votou a favor da continuação da prisão desse senador petista, a orientação do partido presidido por Ruy Falcão era para que os senadores petistas votassem pela libertação de Delcídio Amaral, o que demonstra a grande preocupação e o medo do PT e do governo com o comportamento na prisão desse político do Mato Grosso do Sul ao se sentir abandonado. 


Se Delcídio Amaral resolver aceitar o benefício da delação premiada o Brasil chegará ao fundo do poço. Quem viver verá!

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário