quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Prisão de petista deixa em pânico políticos que constam da lista de Janot

O clima na sessão extraordinária de ontem (25/11) do Senado, convocada pelo seu presidente para analisar e votar pela continuação ou não da prisão do senador Delcídio Amaral (PT-MS) decretada pelo ministro do STF, Teori Zavascki era de constrangimento e pesar, porque os senadores foram reunidos para decidir sobre a permanência na prisão de colega muito querido pelos seus pares e um grande articulador político.

A votação do Senado que decidiu a favor do ministro Teori Zavascki foi histórica, porque feita através do voto aberto, em que pese o presidente dessa casa, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) terem sido contra, mas, a maioria venceu e o STF saiu fortalecido. Ganhou o regime democrático.

Com essa decisão histórica do STF os parlamentares que constam da lista do Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, investigados pela Operação Lava Jato tem motivos de sobra para terem insônia e buscarem conforto no remédio Lexotan. Dessa lista constam nomes de parlamentares e presidente de partido.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário