quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Lava Jato coloca na cadeia ricos e poderosos


A Operação Lava Jato coloca na cadeia ricos e poderosos. Nas verdadeiras democracias é assim que funciona


“Para ir preso no Brasil, é preciso ser muito pobre e muito mal defendido”. (frase do ministro do STF Luiz Roberto Barroso)

A Operação Lava Jato comandada pelo juiz federal Sérgio Moro, contraria à lógica segundo a qual no Brasil só negro, pobre e prostituta permanecem presos.

As prisões de um senador e líder do governo no Senado, de um rico agropecuarista, que alardeia ser um amigo íntimo do ex-presidente da república e de um banqueiro ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT), sugere que neste país está havendo uma revolução no campo da justiça, uma vez o Poder Judiciário julgou e condenou os mensaleiros, algo impensável até então, haja vista, o poder de influir do PT nos destinos do país.

Essas prisões tem um caráter pedagógico, porque nos ensina que ninguém está acima da lei e que a lei vale para todos.

O que o juiz federal Sérgio Moro está fazendo pelo país, só no futuro nós iremos avaliar a verdadeira dimensão da sua coragem e do seu comprometimento com o país. Um comprometimento que irá influir as futuras gerações de juízes, procuradores, promotores e ministros da Suprema Corte. Sérgio Moro que deve está sendo inspirado pelo ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário