quinta-feira, 5 de novembro de 2015

O PT está morto com uma pedra em cima



“Assistimos ao começo do fim. PT tende a virar arremedo do PMDB”. (frei Betto um ex-petista e ideólogo do Partido dos Trabalhadores)

“O PT trocou um projeto de Brasil por um projeto de poder”. (frei Betto um ex-petista e ideólogo do Partido dos Trabalhadores). O frei Betto é um formulador histórico do PT, amigo pessoal de Lula.  Frei Betto é um profeta.

A questão é: quem colocar no lugar hoje ocupado pelo PT se os demais partidos tem o mesmo DNA dos partidos que fazem oposição ao governo do Partido dos Trabalhadores (PT) e do PMDB? Não existe uma alternativa confiável.

O PT, assim como o PMDB, PP, PSDB, PSD, PSB, PR, PCdoB e Prós não se reciclaram, não se renovaram e as suas lideranças são políticos velhos cronologicamente falando e no plano das ideias.

O PMDB do vice-presidente da república Michel Temer anda com um pé na canoa do governo Dilma Rousseff para manter os cargos e as sinecuras. O seu outro pé está no barco da oposição. E tenta produzir um discurso de oposição, como se oposição fosse verdadeiramente. O que definitivamente não é.

O PMDB tenta se metamorfosear, mas à sua história de partido pragmático e satélite do governo de plantão não lhe credencia a ser oposição. O PMDB é um partido formado por políticos tradicionais, fisiológicos e oportunistas. Por políticos que o povo brasileiro quer exorcizar.
Diante dessa triste constatação, só resta ao povo brasileiro construir uma alternativa aos partidos que envelheceram no poder.



por Joachim Arouche
 
Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário