sábado, 7 de novembro de 2015

Um depósito de doentes pobres

Esta é recepção do HRSCF sem ar condicionado e sem ventilador


“No Piauí eu morro e não vejo tudo”, para usar um bordão muito utilizado pelo jornalista Donizetti Adalto. Um jornalista que fez história no Piauí

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz do município de São Raimundo Nonato (PI) é um verdadeiro depósito de doentes, porque funciona com um número de leitos insuficientes para atender um número enorme de pacientes procedentes de toda micro região, enfermarias sem climatização e médicos defasados e muito mais preocupados com as suas clínicas.

No município de São Raimundo Nonato, as mercadorias perecíveis recebem melhor tratamento do que os doentes indigentes e pobres, porque são transportadas em ambiente refrigerado, enquanto que no hospital regional, o calor insuportável de 45 graus na sobra, acelera a doença.  

Os doentes mais bem aquinhoados, quando não montam uma enfermaria nas suas residências são obrigadas a levarem ventilador para a enfermaria do hospital público.

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário