quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O PMDB não tem autoridade moral



Michel Temer em boa companhia
 
O PMDB que sempre parasitou os presidentes de plantão viu na fragilidade da presidenta Dilma Rousseff a sua grande oportunidade de assumir o poder sem esforço, uma vez que pelo voto popular, isso dificilmente acontecerá. Não aconteceu com Ulisses Guimarães e Orestes Quércia, que tentaram cada um uma vez se eleger presidente da república. Dois políticos muito mais bem avaliados do que os atuais dirigentes e lideranças peemedebistas.

O PMDB não tem autoridade moral para governar o país, tendo entre os seus principais dirigentes e lideranças políticos denunciados pelo MPF, condenados e em via de serem condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Isso sem contar com a responsabilidade do PMDB com os erros e acertos dos governos Dilma Rousseff, com um vice- presidente que trabalha nos bastidores para assumir o governo num eventual impedimento de Dilma.

Caso Michel Temer assuma eventualmente o governo federal, esse peemedebista terá contra ele o Partido dos Trabalhadores (PT), a UNE, a CUT, o MST e os beneficiários de programas como: Bolsa Família, Prouni, Luz Para Todos e a consciência nacional. Uma consciência que tem o PMDB na conta da maior fraude brasileira.   
Postar um comentário