quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

CRUZ VERMELHA vai assumir UPA de São Raimundo





A missão da Cruz Vermelha é proteger e assistir vítimas dos conflitos armados e outras situações de violência, sem importar quem elas sejam. Esse não é caso de São Raimundo Nonato ou é?  

Uma equipe da Cruz Vermelha, unidade do estado de Sergipe, vai administrar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de São Raimundo Nonato. Só que ninguém soube informar como será feita essa administração, se com a participação do governo federal, estadual e municipal. 

A equipe da Cruz Vermelha que se encontra em São Raimundo Nonato já começou a receber currículo para as áreas administrativas e corpo clínico. Mas a questão é que o candidato a uma das vagas ofertadas por essa instituição estará se candidatando para o Cadastro de Reserva, mediante a entrega de um quilo de alimento não perecível e que deverá ser enviado às vitimas da barragem de Mariana.

Essa exigência do cadastro a ser feito mediante essa doação é uma exigência descabida para quem se candidata a um emprego num cadastro de reserva que não garante o emprego. O Cadastro de Reserva é uma oferta de emprego em perspectiva, algo que poderá acontecer ou não. Fora que quem está procurando emprego não costuma ter dinheiro para fazer doações. Imagine se essa moda pega no Brasil!


Os ministérios públicos estadual e federal devem investigar esse tipo de recrutamento de pessoal, porque ele aparenta ser uma fraude, haja vista, o inusitado da exigência para que o trabalhador se candidate a um emprego. Como as Upas são feitas e equipadas com recursos do governo federal e que deverão ser administradas pelo governo estadual, os recursos devem ser fiscalizados pelo Ministério Público.

A propósito: circulam rumores neste município dando conta de que os equipamentos da UPA de São Raimundo Nonato foram transferidos para a UPA do município de Oeiras. Com a palavra o Ministério da Saúde, a secretaria de Saúde do estado do Piauí e o responsável pela UPA de São Raimundo Nonato.  




Em tempo:
Amanhã eu irei tratar do clima de terror que se instalou no Hospital Regional Senador Cândido com a posse de uma nova diretoria. Aguardem!  
Postar um comentário