segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Oposição sem pudor e pouco confiável

O Brasil é um país tão avacalhado que as suas principais lideranças, na sua maioria, tem um perfil semelhante ao do presidente da Câmara Federal, o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que está sendo processado pelo Conselho de Ética da casa que preside e denunciado pelo procurador-geral da república, Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL),  também já foi denunciado ao STF, onde já se defende de alguns processos. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, foi definido no ano passado como o relator de uma denúncia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) por suposta prática de peculato, uso de documento falso e falsidade ideológica.

Contra o vice-presidente república e presidente nacional do PMDB, Michel Temer também pesam algumas denúncias, sem comprovação ainda, mas nos meios políticos especula-se que antes do final da Operação Lava-Jato esse político que andou tramando contra Dilma Rousseff na tentativa de fazê-la sofrer um impedimento, será denunciado.

Postar um comentário