segunda-feira, 4 de abril de 2016

"Movimento pela ética na política"

Sem a mobilização do ‘brasileiro esclarecido’ num grande esforço de salvação nacional - que começará pelo expurgo dos políticos envolvidos com malfeitos, o povo estará condenado ao fogo do inferno. 

Esta frase que dá título a este texto, foi inspirada num movimento criado pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, e os seus companheiros do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE). Betinho que também criou no Brasil um movimento de Ação de Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida e foi um dos líderes do movimento pelo impedimento do presidente Fernando Collor de Mello.

Hoje, já passados mais de 20 anos das lutas de Betinho pela construção de um país ético e pela melhoria da condição de vida do povo brasileiro; este país continua o mesmo. Não é à toa que o povo brasileiro voltou às ruas para pedir o expurgo da vida nacional, da presidenta Dilma Rousseff, do vice-presidente da república, Michel Temer e dos presidentes da Câmara Federal, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, respectivamente.

O Brasil sob o comando de Dilma Rousseff, Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, ao invés de avançar na questão da ética e da moral na política, muito pelo contrário, fez o caminho inverso ou seja, se sofisticou nas práticas da corrupção e da roubalheira ao ponto de alguns ministros da Suprema Corte ao julgarem o escândalo do Mensalão e  ao emitirem opinião sobre o escândalo do Petrolão, afirmam que este país está sendo assaltado por quadrilhas organizadas por membros do governo, parlamentares, lobistas e diretores de estatais.

por Joachim Arouche
Postar um comentário