domingo, 10 de abril de 2016

O hospital regional de São Raimundo Nonato passa por mudanças



O hospital regional de São Raimundo Nonato passa por mudanças significativas e a população sãoraimundense, já nota os bons resultados produzidos por essas mudanças


O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz do município de São Raimundo Nonato (HRSCF), em que pese a escassez de recursos, sob esta nova direção, vem melhorando as suas condições gerais, como um ambiente totalmente climatizado e a melhoria do seu corpo clínico.

Atualmente o HRSCF conta com 32 médicos, dentre esses profissionais da saúde, três são ortopedistas, que atendem de quinta-feira a sábado, o que fez reduzir consideravelmente o número de pacientes com politraumatismo, via de regra, vítimas de acidente de transito, que antes eram transferidos para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) sem passar por nenhum tipo de intervenção cirúrgica nesse hospital regional, o que contribuía sobremaneira, para a saturação do HUT na capital.

O HRSCF está prestes a receber novos equipamentos para tratamento ortopédico e traumatológico na forma de comodato e modernos equipamentos para executar serviços de esterilização, lavagem e secagem de roupas de uso hospitalar.

Esse hospital já conta também com uma UTI neonatal, muito importante para um hospital que executa em média entre 100 e 120 partos por mês.

Segundo o diretor do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, Rogério Castro (foto), a direção desse hospital vem envidando todos os esforços junto ao ministério da Saúde e à secretaria de estado da Saúde do Piauí, no sentido de conseguir uma UTI para um hospital que atende uma grande demanda de pacientes de mais de uma dezena de municípios desta microrregião.  

O HRSCF acaba de implantar um cartão de ponto eletrônico, o que impede o afastamento do servidor público do seu ambiente de trabalho sem motivo justificado. Segundo Rogério Castro, antes do ponto eletrônico era muito comum os servidores se ausentarem dos seus postos de trabalho sem comunicar à direção deste hospital.    

Em Tempo:

A Cruz Vermelha já comunicou ao governo do estado do Piauí a sua desistência da administração da UPA do município de São Raimundo Nonato.
Postar um comentário