terça-feira, 21 de junho de 2016

O tucano Aécio Neves perdeu o bonde da história



O tucano Aécio Neves anda com cara de poucos amigos e muito reticente.

“As coisas poderiam estar tranquilas e favoráveis para Aécio Neves, pois Dilma foi afastada, Lula virou assunto para o doutor Sérgio Moro e Temer aparece nas sondagens eleitorais com um percentual nanico de 2%. Entretanto, os planos presidenciais de Aécio também se dissolvem no caldeirão flamejante da Lava Jato”. (Josias de Souza)

A Operação Lava Jato que não livra a cara de ninguém, roubou o sorriso largo e confiante do senador Aécio Neves (PSDB-MG) (que antes se mostrava bastante confiante), por ter sido citado por vários doleiros nas delações premiadas e por último ao aparecer nas gravações do ex-senador tucano e ex-presidente da Petrobras Transporte (Transpetro), Sérgio Machado, como sendo um dos envolvidos nesse grande esquema de dilapidação da Petrobras, o que coloca os maiores partidos brasileiros num mesmo balaio.

O PSDB que cometeu um grave erro ao aceitar participar do governo provisório de Michel Temer, com o envolvimento de tucanos de alto coturno (os mandachuvas) nos malfeitos praticados por políticos na empresa estatal Petrobras, perdeu o bonde da história e com o fim desse governo que ai está, qualquer que seja o seu final, o PSDB sairá menor e mais fraco.

Diante dos últimos acontecimentos políticos, percebe-se que Aécio Neves é um político imaturo, deslumbrado e de dimensão apenas estadual. Por isso, sem nenhuma chance de vir a ocupar o posto mais alto da nação.
Postar um comentário