sábado, 23 de julho de 2016

Cunha pode ter gravado o presidente Temer


“Quem não deve não deve não Teme”. 

Segundo o jornalista André Barrocal da revista Carta Capital, o presidente provisório Michel Temer, anda um tanto quanto apreensivo e nervoso, porque suspeita que foi gravado pelo deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ocorre que num encontro reservado entre Temer e Cunha no Palácio do Jaburu, o deputado afastado e réu no STF teria conduzido a conversa de modo a comprometer o seu interlocutor. O que Temer desconfiou e reagiu esbravejando contra o seu companheiro de partido. Segundo a fonte, a conversa conduzida por Cunha falava de assuntos que de certa forma visava comprometer o presidente interino.

Essa desconfiança de Temer, não é de toda descabida, porque Cunha na situação em que se encontra, não terá nenhum escrúpulo e pudor em apelar para o jogo sujo, desde esse jogo represente alguma esperança de salvação e minimização do seu drama e tragédia anunciada.

“Em conversa no Jaburu, deputado teria lembrado 'parcerias'. Lei de Portos foi uma delas”, (André Barrocal)
Postar um comentário