segunda-feira, 3 de outubro de 2016

O PT minguou e o seu futuro é previsível


O grande perdedor das eleições municipais de 2016, foi indubitavelmente, o Partido dos Trabalhadores (PT).

As eleições municipais de 2016, foi deveras cruel para com o Partido dos Trabalhadores (PT), que só conseguiu eleger no primeiro turno dessas eleições, o prefeito do município de Rio Branco, o prefeito da minúscula capital do estado do Acre, um dos estados brasileiros com menor densidade eleitoral.

A vitória do neotucano, João Dória Júnior, no primeiro turno na capital paulista, foi o golpe de misericórdia aplicado num partido que está em pleno declínio.

No estado do Piauí, um estado governado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), o candidato do PTB a prefeito, que tinha como seu companheiro de chapa um petista, só obteve minguados 7% da votação da capital piauiense.

O PT que está sangrando, devido aos sucessivos escândalos que lhe atingiram em cheio, ainda por cima, anda cometendo alguns equívocos, ao se aliar a partidos que traíram Dilma e Lula.

O PT que até bem pouco tempo era considerado um grande parceiro, com o impeachment de Dilma e o avanço das investigações do Petrolão, tende a ser reduzido a um pequeno partido, assim como o PFL que depois virou Democratas (DEM).
Postar um comentário