quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Temer fez opção preferencial pelos amigos



Temer fez opção preferencial pelos amigos e esqueceu o povo brasileiro

O povo de um país, toda vez que acontece uma mudança de governo, seja através do voto direto ou através de uma outra via, ele alimenta a esperança de que o país mude para melhor, o que não se verifica no Brasil, haja vista, as mudanças processadas serem apenas de caráter nominal, nunca de conteúdo ou programático. 

O governo Temer, por exemplo, é uma repetição do governo que substituiu, uma vez que os políticos e as práticas políticas são as mesmas de antes. O PMDB que hoje ocupa a presidência da república, há mais de 30 anos está no poder por via direta e indireta, ao ascender ao poder central, sem nenhum pudor, vem repetindo os governos de FHC, Lula e Dilma. 

No governo Temer, tem anões do orçamento, sanguessugas, mensaleiros e petroleiros do mal. Uma gente viciada em poder e que não abre mão do pragmatismo, corporativismo e fisiologismo político. 

O governo do PMDB se tivesse boas intenções para com o país, deveria ter assumido desde o seu início, posições em defesa da moral, da ética e da transparência. O que nunca sequer foi ventilado por esse novo governo e exigido pelos partidos que apoiaram o pedido de impeachment e vem apoiando esse novo governo, como o PSDB, PPS e DEM.

O Brasil muda para continuar como era antes. Podbre Brasil!
Postar um comentário