quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Governo Temer vai torrar milhões em propaganda. Fala Sério!




Definitivamente o Brasil não é um país sério e a sua classe dirigente e os seus políticos, com as exceções de praxe, também.

Segundo o blogueiro Lauro Jardim, o Banco do Brasil está lançando uma concorrência para contratar quem cuidará de sua propaganda. “Será a maior verba de publicidade do governo Temer: R$ 500 milhões por ano, que serão divididos entre três agências”.

Esse acinte, até parece ser feito com o fim deliberado de criar na opinião pública brasileira, uma consciência de que os bancos oficiais precisam ser privatizados. Só isso justifica tamanho despropósito.

Num momento como este que o país atravessa, segundo os economistas, banqueiros e jornalistas econômicos, “falido”, como entender um investimento desse tamanho em propaganda de um banco oficial? Um banco que acaba colocar em prática um programa de demissão voluntária e fechamento de agências deficitárias. Isso parece brincadeira de mau gosto e desrespeito para com os funcionários dessa instituição e o povo brasileiro.

O Banco do Brasil não deve ser privatizado e o seu regime de trabalho não deve ser igual ao dos bancos privados. O Banco Brasil está muito mais para uma agência de fomento do que um banco particular.    
Postar um comentário