sábado, 4 de março de 2017

A habilidade de delegar tarefas



Concentrar poder é um dos maiores problemas que os gestores enfrentam. O receio de delegar o trabalho para sua equipe, pode custar caro ao administrador público: metas deixam de ser atingidas e prazos deixam de ser cumpridos - e o resultado fica aquém do esperado. Por isso, saber delegar tarefas de maneira inteligente e eficiente é uma das melhores habilidades que o gestor pode ter.

Na centralidade do poder, reside o principal problema das administrações públicas, uma vez que o gestor público, para atender a interesses políticos, sacrifica o mérito, em nome dos compromissos de campanha. É muito comum, encontrarmos pelo Brasil a fora, municípios, onde pessoas sem nenhuma experiência administrativa e com baixa ou nenhuma escolaridade, ocuparem cargos no segundo escalão.      

Além do interesse político, a escolha de pessoas não qualificadas para comandar um setor administrativo, atende também à vaidade do prefeito, que via de regra, não tem o preparo necessário para governar e por consequência, prefere lidar com pessoas menos preparadas, porque, por serem despreparadas não questionarão suas ordens e em alguns casos, até assumem os erros do chefe do Poder Executivo. Geralmente uma ordem absurda, porque sem embasamento técnico e sem critério.   

No despreparo dos nossos gestores públicos, reside a principal causa do nosso atraso administrativo e municípios sendo “administrados”, como uma empresa familiar.
Postar um comentário