sexta-feira, 31 de março de 2017

Henrique Meireles anda explicando muito


Henrique Meireles e o capitão de indústria Paulo Skaf

Esse filme eu já vi muito. Vira e mexe e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles ocupa o horário nobre da televisão brasileira para anunciar novas medidas de ajuste econômico e preparar espiritualmente o povo brasileiro para o anuncio em breve, de aumento de impostos.

Essa presença quase que diária do ministro da Fazenda no horário nobre da televisão, nos faz lembrar o governo Sarney, que a todo momento o ex-ministro Fazenda, Dilson Funaro aparecia na televisão para explicar o Plano Cruzado.

As reformas que Henrique Meirelles, defende com veemência como sendo necessárias e urgentes para fazer a economia decolar, encontram na sociedade brasileira, forte resistência, porque penalizam os trabalhadores, o servidor público e as mulheres em particular. É cada dia fica mais claro que o governo Temer está mais interessado em defender os interesses do capital do que os interesses dos trabalhadores.

A terceirização do trabalho é a mais perfeita tradução do interesse do governo Temer em favorecer a classe empresarial. A aprovação pela Câmara dos Deputados da terceirização de serviços de atividades-fim, que ainda depende da sanção do Presidente da República, atende aos interesses, não dos governos, mas do empregador.
Postar um comentário