quinta-feira, 13 de julho de 2017

Governo anuncia racionamento de uma água que praticamente não existe



Essa área deveria ter água, mas o que existe hoje é terra calcinada



A oposição piauiense deve incorporar no seu discurso em 2018, além de uma proposta de mudança, a incapacidade do governo petista em resolver problemas seculares, como o grave problema da falta de água no semiárido e a convivência com a seca.

Há mais de cinco anos que a microrregião do município de São Raimundo Nonato vem sendo castigada por uma seca cruel e inclemente e os sucessivos governos petistas e dos seus aliados, não fizeram nada para que esse grave problema de abastecimento de água fosse resolvido.

Só com o anuncio do fim da agua acumulada na barragem Petrônio Portella é que o governador Wellington Dias (PT), que havia anunciado um projeto de construção de uma adutora de engate rápido, anuncia o racionamento de um bem essencial, que praticamente não existe mais, porque a quantidade estimada de água acumulada nesse reservatório que no início deste ano era 7%, já deve ter sido zerada. 
 


Postar um comentário