quarta-feira, 14 de março de 2018

Como pedra rolante e cheio de certezas



A minha vida sempre foi levada em frente sem fazer planos, sem pensar em alcançar determinado objetivo

Na vida eu sempre segui em frente, sempre segui adiante, sem temer o que a vida me reservava; sem pensar no que poderia encontrar pela frente

Hoje, já com a minha idade avançada, com o corpo cheio de marcas, cicatrizes produzidas pelo tempo e pelos embates diários, paro e penso e concluo que eu conseguiu vencer mais do que fui vencido

Entre perdas e ganhos na luta pela vida e pela sobrevivência, o resultado me foi amplamente favorável. Eu sei que no final eu vou acabar vencido, mas ninguém consegue vencer a batalha final

Com a derrota final se aproximando, procuro não pensar nesse final inexorável, mas vira e mexe, me vem à lembrança essa triste e irreversível realidade

Tento não pensar no final trágico que a todos está reservado, mas o pensamento inevitável acaba se impondo e o sofrimento antecipado acaba acontecendo

Por Tomazia Arouche
Postar um comentário