segunda-feira, 18 de junho de 2018

Wellington Dias joga xadrez com aliados e a oposição


Como o governador Wellington Dias vem tomando a iniciativa de movimentar as peças no tabuleiro, o jogo político neste momento lhe vem sendo amplamente favorável, mas isso não quer dizer que ele já aplicou o xeque mate nos seus adversários e potenciais companheiros de coligação.

O xeque-mate, ou simplesmente mate, a principal característica do jogo de xadrez é uma expressão usada no enxadrismo para designar o lance que põe fim à partida, quando o Rei atacado por uma ou mais peças adversárias não pode movimentar-se.

O governador Wellington Dias ao retardar ao máximo a sua decisão de escolher o seu companheiro de chapa, pratica o enxadrismo, porque vai encurralando os seus adversários que aguardam a escolha desse governador petista, para então formar as suas coligações. Até o presente momento, nem Luciano Nunes e muito menos o senador Elmano Ferrer (PODE-PI) sequer cogitaram um nome para companheiros de chapa.


Ao postergar sua decisão, Wellington Dias obriga a oposição e os partidos aliados que buscam emplacar nomes na chapa do governador a também adiarem suas decisões e ficam sem opção e no frigir dos ovos são obrigados a aceitar as regras do jogo impostas por ele. Agora resta saber qual será a reação dos até aqui aliados do governador ao perceberem que foram manipulados o tempo todo.

Como fidelidade canina não existe na política partidária, os hoje aliados de Wellington Dias, PP e MDB ao se sentirem usados pelo Partido dos Trabalhadores (PT), poderão radicalizar nas suas decisões e até se unirem para derrotar o governador e o seu partido.  

O senador Ciro Nogueira (PP-PI), como precisa desesperadamente de um mandato e sabe que só o governador poderá salvá-lo de uma derrota iminente, manobra no sentido de pelo menos participar da coligação PT.

Aos progressistas não resta nenhuma margem de manobra, pois ocorre que Ciro Nogueira depende do governador para e reeleger. 


Será que Wellington Dias é mais ladino que Marcelo Castro, Themístocles Filho e Ciro Nogueira? Isso é o que veremos!

Siga os blogs Diário do Homem Americano, Dom Severino e Dom Severino no Portal AZ no Twitter, no Facebook e no Google.
Postar um comentário