sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Derretimento da Petrobras representa um risco

Derretimento da Petrobras representa um perigo, porque poderá desestabilizar o país.

O escândalo do Petrolão e a conseqüente desvalorização da maior empresa estatal brasileira, no caso a Petrobras, representa um perigo para o futuro do país, haja vista, a situação de quase falência de uma empresa que até momentos antes de explodir o escândalo da compra da Refinaria da Pasadena, era considerada um motivo de orgulho nacional.

Para agravar mais ainda uma situação já bastante grave, eis que a direção dessa empresa acaba de decretar o fim dos projetos das refinarias de petróleo Premium I e Premium II nos estados do Maranhão e Ceará respectivamente. Obras já iniciadas. Só falta agora o Governo Federal decretar o fim de investimentos no Pré Sal. Ai seria o fim deste governo e do projeto de poder do Partido dos Trabalhadores (PT).  

O povo brasileiro ainda não despertou para a gravidade da situação que vive o Brasil. É grave porque o país encontra-se à beira de uma recessão e está mergulhado no escândalo do Petrolão que a cada dia que passa aumenta de volume e para completar um quadro de extrema gravidade o ministro da fazenda Joaquim Levy acaba de anunciar um pacote de ajuste fiscal - que atingiu em cheio os interesses dos trabalhadores. Um ajuste necessário, mas que o Governo Federal não tem como justificar, uma vez que na campanha eleitoral, a candidata à reeleição apresentava no palanque eletrônico um país que navegava num céu de brigadeiro.

Para pacificar o país, a presidenta Dilma Roussef vai ter que usar de muita sinceridade e, quando se dirigir à população, deve falar aos corações dos brasileiros. A situação só não se apresentava mais complicada, graças ao pleno emprego e os programas sociais. Esse dois fatores estão segurando a onda.

Tomazia Arouche

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz     
Postar um comentário