sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Marta Suplicy semeou o vírus da discórdia no PT


"Relaxa e goza, porque depois você vai esquecer todos os transtornos." (Frase da então ministra do Turismo Marta Vasconcellos (Suplicy), sobre as longas esperas enfrentadas pelos passageiros durante o caos aéreo, em 2007)

A ex-senhora Eduardo Suplicy, a senadora Marta Vasconcellos (Suplicy) insatisfeita com a cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) e com a presidenta Dilma Rousseff, que preferiu prestigiar o seu principal adversário no estado de São Paulo, o ministro chefe da Casa Civil, Aloísio Mercadante resolveu chutar o pau da barraca e mostrar às vísceras do seu partido que não vive um bom momento, desde o ano passado, quando eclodiu o escândalo da compra da Refinaria de Pasadena nos EUA que acabou revelando o que a grande imprensa brasileira convencionou chamar de escândalo do Petrolão, numa alusão ao rumoroso escândalo do Mensalão.

A exortação de Marta Vasconcellos (Suplicy) feita ao “seu” partido fez surgir no PT muitas dissidências que ecoaram a sua frase que ficou famosa: “Ou o PT muda ou acaba”. O PT que há mais de um ano vive o seu inferno astral, com a manifestação pública dessa senadora, anda mais perdido do que maestro de orquestra sinfônica em ensaio de escola de samba.

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz 
Postar um comentário