domingo, 22 de março de 2015

AGESPISA: sinônimo de ineficiência, incompetência e pouco caso

Com o país inteiro preocupado com a questão hídrica, no município de São Raimundo Nonato (PI) (o mais afetado município brasileiro pela estiagem, por ficar localizado na região conhecida como polígono da seca), a companhia Água e Esgoto do Piauí (AGESPISA) não opera com um plantão de 24 horas, que evitaria o enorme desperdício de água potável, que ocorre toda vez que um cano de distribuição de água se rompe no final de semana e só é consertado na segunda-feira ou no dia seguinte, durante o expediente normal.

Em qualquer lugar do mundo o desperdício de água representa um crime contra a humanidade, na micro região de São Raimundo Nonato, esse crime se reveste de maior gravidade, por tratar-se da região mais seca de todo o país.

O custo de manutenção de uma equipe de plantão no escritório da AGESPISA no município piauiense de São Raimundo Nonato não representa quase nada diante do desperdício de água provocado por um cano quebrado que leva até 48 horas ou mais para ser recuperado.   

Siga no Facebook e Twitter o blog Dom Severino 
Postar um comentário