domingo, 1 de março de 2015

CODEVASF faz ponte e ignora agricultura

Com o Partido Progressista (PP), cujo presidente nacional é o senador piauiense Ciro Nogueira, indicando o novo presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco, Parnaíba, Mearim e Itapecuru, espera-se que essa empresa de fomento cumpra nos estados do Piauí e Maranhão a sua verdadeira missão, que é promover o desenvolvimento regional, com ênfase no incentivo à produção de fruticultura irrigada e hortifrutigranjeiros.

Os vales do Parnaíba, Mearim e Itapecuru nos estados do Piauí e Maranhão até aqui ainda não produziram um mamão irrigado sequer com assistência técnica dessa que poderia ser uma importante alavanca para o desenvolvimento de um setor que nesses dois estados nordestinos ainda são dependentes dos estados de Pernambuco, Ceará e dos estados da região Sudeste.

O município de São Raimundo Nonato que fica no semiárido piauiense, uma região que só produz cultura de ciclo curto como feijão, ao invés de receber incentivos (recursos financeiros e assistência técnica) para produzir culturas irrigadas , o que a CODEVASF realiza no Vale do São Francisco.


Como obra de mobilidade urbana, essa ponte sobre o rio Piauí é importante, mas para um município que produz muito pouco em matéria de alimentos, a CODEVASF ajudaria ao Piauí, incentivando a produção de alimentos irrigados.        
Postar um comentário