domingo, 26 de abril de 2015

Uma vida simples é uma vida sem apego



O mundo é para ser vivido de maneira a mais natural possível, como vive o homem simples do campo - que não questiona nada e nem se preocupa com o dia de amanhã. Viver de maneira simples como nos ensina a Bíblia no Salmo que fala sobre a vida simples e sem preocupação com o dia seguinte ao se referir ao Lírio do Campo.

Hoje, longe da vida agitada da cidade grande eu ando descalço, paro para ouvir o cantar dos passarinhos, me detenho frente a uma roseira natural que nasceu e cresceu sem a interferência do homem.

Na zona rural os dias passam lentos e isso me permite observar atentamente toda a beleza que existe em volta e poder ouvir a voz do silêncio. Quando cai à noite, o meu céu se enfeita de estrelas e olho para o alto e me sinto maravilhado com tanta luz e brilho.

Toda manhã eu recebo a visita de uma revoada de pássaros que vem me visitar e serem alimentados por mim com restos de pães dormido e amanhecido. Dentre dezenas de pássaros que desconheço os seus nomes, um se destaca: o pássaro de cabeça vermelha. De tão lindo, mais parece uma obra de arte.

Neste período do ano, os terrenos que circundam a minha casa são tomados por jardins naturais, verdadeiros quadros pintados por um artista que produz sem ter a preocupação de trocar a sua arte por dinheiro.

por Tomazia Arouche  

Siga no Twitter e no Facebook o blog Dom Severino
Postar um comentário