sexta-feira, 12 de junho de 2015

Folhas mortas e folhas vivas




Sobre as folhas mortas caídas, folhas vivas que respiram vida. Uma vida exuberante e bela. Nesse quadro a natureza se apresenta de duas formas: na forma de vida e de morte. As folhas mortas representam o fim do ciclo da vida, de uma vida que tem começo, meio e fim.
                  
As folhas mortas representam o nosso fim trágico que é antecedido pela velhice, uma fase que relega o ser humano ao mais completo abandono. Um abandono de parte dos parentes e de si mesmo. É que os parentes quando visitam as pessoas idosas, o fazem por obrigação ou para se mostrarem pessoas cuidadosas e respeitosas para com os seus entes queridos que envelhecessem. Uma verdadeira encenação, porque as visitas todas são programadas e com horas marcadas. Elas não acontecem espontaneamente. Visite um abrigo para pessoas idosas, um asilo ou uma casa de repouso e essa verdade será constatada.

Os velhos acabam se transformado em verdadeiros fardos humanos para as suas famílias e para o estado. Como fazer conviver com essa fase da vida que nos torna invisíveis diante dos mais jovens e do estado? Se preparar economicamente para dispor de meios para contratar um cuidador.
Postar um comentário