segunda-feira, 13 de julho de 2015

A poesia segundo Valdelino Cécio

SOMES NO MEIO DA NOITE
 
somes no meio do sol
e apareces quando os olhos
já não te vêem
somes no meio da minha
                                    saudade
e desapareces quando
exatamente o coração
                                    Arde
E é por isso que
já não te reconheço
mas mesmo assim
te encontro
no meu espaço
de sonho
e de medo

José Valdelino Cécio Soares Dias nasceu no estado do Pará, mas tornou-se o mais maranhense da sua geração. 

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário