quinta-feira, 30 de julho de 2015

Sérgio Moro: o mais novo herói nacional



O que diferencia este novo herói nacional dos outros heróis brasileiros - que a história imortalizou e consagrou são as suas motivações. Estou me referindo ao juiz Sérgio Moro, aquele que podemos comparar a atuação a do ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, que no julgamento do Mensalão desafiou o establishment e conduziu esse julgamento de maneira exemplar e pedagógica.  

Incluo o juiz Sérgio Moro na classe de herói nacional porque ao mandar investigar e prender lobistas, donos e gerentes das maiores construtoras, ex-funcionários e políticos do alto clero.

Um juiz como Sérgio Moro, num país onde prevalece sempre a impunidade e onde quem é rico não fica por muito tempo na cadeia (não ficava, porque a Operação Lava Jato está contrariando essa lógica), pode ser vitima de três tipos de mortes: a morte física, a morte moral e a morte intelectual.

Tomara que esse sacrifício de Moro não seja em vão. Que lá na frente não apareça nenhum ministros do STF reduzindo penas e a mandando corruptos para cumprir pena no aconchego dos seus lares.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário