quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O PT não está sozinho nesse lamaçal

No Brasil se alguém gritar pega corrupto no Congresso Nacional, logo será formada uma fila indiana no entorno das duas casas que formam o Poder Legislativo   

O PT não está sozinho na lama. Abraçados nesse lamaçal estão o PT, o PMDB, o PP e outros partidos menos importantes - entre aqueles que formam a base aliada que dá sustentação ao governo da presidente Dilma Rousseff. Até os partidos que se dizem de oposição, como o PSDB estão com os pés metidos na lama. Pois foi isso que afirmou, Alberto Youssef um dos maiores doleiros do país e que se transformou na Operação Lava Jato, num dos seus principais delatores.


No dia diante ontem, na CPI da Petrobras esse doleiro ao ser acareado com o ex-diretor de distribuição da Petrobras Paulo Roberto Costa, afirmou categoricamente que Aécio Neves recebeu propina por seu intermédio da empresa estatal Furnas Centrais Elétricas S/A.

A proposito: o Partido Progressista (PP) liderado pelo deputado federal Paulo Salim Maluf (PP-SP) durante essa acareação, foi o partido mais citado por Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa, como sendo a ponte (o elo) de ligação entre a Petrobras e os políticos corruptos já citados pela Operação Lava  Jato  e aqueles que  ainda serão. Como provavelmente, o senador Renan Calheiros(PMDB-AL) que segundo o deputado federal Eduardo Cunha, será o próximo a ser denunciado. 

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário