terça-feira, 15 de setembro de 2015

A sociedade brasileira está 'gangrenada'


A corrupção moral está na raiz de todos os males brasileiros. E o maior de todos os males da sociedade brasileira é a corrupção política. A corrupção política que é o uso das competências legisladas por funcionários do governo para fins privados ilegítimos.

Na sociedade brasileira a patifaria, a sem cerimônia e a depravação começa pelo andar de cima, ou seja, pelas nossas elites, sobretudo a elite política. A nossa elite política que tem a sua origem no coronelismo. O coronelismo que segundo a Wikipédia significa um brasileirismo usado para definir a complexa estrutura de poder que tem início no plano municipal, exercido com hipertrofia privada (a figura do coronel) sobre o poder público (o Estado), e tendo como caracteres secundários o mandonismo, o filhotismo (ou apadrinhamento), a fraude eleitoral e a desorganização dos serviços públicos - e abrange todo o sistema político do país.

No Brasil de hoje, a esculhambação está tão generalizada que quem não é esperto (malandro no pior sentido do termo é considerado otário, um indivíduo tolo, fácil de ser enganado. Na política brasileira só tem esperto. É óbvio que existem as honrosas exceções.

A gangrena já tomou conta de todo tecido social brasileiro. Isso quer dizer que a nossa sociedade está pobre nos seus três planos: municipal, estadual e federal.

A propósito: enquanto a sociedade civil (o povo que não depende de um cargo ou de uma sinecura política) torce e se esforça para que este país se salve de um desastre iminente, o político brasileiro está mais preocupado em descolar um emprego para um parente seu, uma emenda parlamentar que atende mais aos seus próprios interesses. 


Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário