quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O PT piauiense embora governe o estado perdeu importância




Dudu e Paixão - não confundir com uma dupla sertaneja como disse hoje na sua coluna o jornalista Arimatéia Azevedo com o seu humor refinado, pois se trata de dois vereadores petistas na cidade de Teresina
O que para muitos parece ser um ‘apoio de faz de conta’ dos vereadores Dudu e Paixão a pré-candidatura do deputado Evaldo Gomes à prefeitura de Teresina - na realidade significa falta de opção e desprestígio do Partido dos Trabalhadores (PT) a nível nacional - o que produz reflexo na política estadual.

O PT que elegeu o governador Wellington Dias com uma consagradora votação em 2014, com o baixo astral que vive Dilma Rousseff, provocado por uma sucessão de escândalos nunca visto na nossa história recente, dificilmente conquistará uma prefeitura importante como a de Teresina. Esse partido poderá até eleger um prefeito no Piauí profundo, por mérito do próprio do candidato do que do governador e da presidenta Dilma Rousseff.

Quem percorre o país percebe que o Partido dos Trabalhadores (PT) é hoje um simples ‘arremedo’ do que foi até o fim do segundo governo do presidente Lula da Silva. É que os petistas fizeram tanta bramura, para usar um termo bem maranhense - que significa bazófia, arrogância e soberba.

Luiz Inácio da Silva que se vangloriava de eleger até poste como o prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad e a própria presidenta da república, uma invenção e pupila sua talvez não consiga mais eleger-se vereador do município de Garanhuns. Não há nenhum exagero em afirmar que o PT em um partido em extinção, assim com o DEM.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário