quarta-feira, 4 de novembro de 2015

A maioria dos nossos políticos não resiste a uma investigação criteriosa



Já ando cansado de tanto criticar a classe política brasileira, que salvo as honrosas exceções não serve para absolutamente nada, porque, formada por homens e mulheres sem estoicismo moral, sem formação ética e sem espirito patriótico. Não è à toa que mais de uma centena de parlamentares com assento no Congresso Nacional respondem a processo.

Um país, cujos representantes tem esse perfil, não pode aspirar um futuro digno e o respeito da comunidade internacional. É que nós somos um povo bruto (às vezes bárbaro), sem uma boa formação moral e movido pela Lei do Gerson. A Lei do Gerson para os nãos iniciados em esperteza e malandragem é uma lei não regulamentada e que foi popularizado pelo ex-jogador Gerson (o canhotinha de ouro). A Lei de Gérson é um princípio em que determinada pessoa ou empresa deve obter vantagens de forma indiscriminada, sem se importar com questões éticas ou morais.

A nossa classe política é tão despudorada que só no escândalo do Petrolão já foram relacionados 32 parlamentares dos maiores e mais representativos partidos brasileiros. De uma lista divulgada pelo Procuradoria Geral da República (PGR) constam do simples parlamentar ao parlamentar à presidente de partido.

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário