terça-feira, 10 de novembro de 2015

Esgotou-se o modelo petista de governo



O quarto mandato do Partido dos Trabalhadores (PT), à frente da presidência da república está acabando, antes do fim propriamente dito. É que o segundo governo da presidenta Dilma Rousseff está caindo pelas tabelas, ou seja, a um passo da ingovernabilidade.

Com minoria na Câmara Federal e tendo na presidência dessa casa o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que já se declarou adversário do seu governo, a presidenta Dilma Rousseff não consegue aprovar o ajuste fiscal e a manutenção dos seus vetos. Várias tentativas já foram feitas nesse sentido e fracassaram por falta de quórum.

O povo e o empresariado brasileiro perderam a confiança no governo Dilma Rousseff que vai de mal a pior, sem apoio suficiente para aprovar projetos de interesse do governo como, por exemplo, o ajuste fiscal. Sem apoio popular, o governo Dilma Rousseff se complica ainda mais.

O que torna a situação do Brasil ainda mais complicada é o fato do país não dispor de políticos confiáveis para assumir um projeto de mudança. Quem deseja apear Dilma Rousseff e o PT do poder é vinho de uma mesma pipa. Trocar um pelo outro é o mesmo que trocar sei por meia dúzia.  

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário