quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Heráclito Fortes baixa o tom do seu discurso e pede prudência



Heráclito Fortes faz um discurso pacificador 

Quando a situação ameaça ficar fora de controle quem antes vivia jogando gasolina sobra à fogueira, acena com pedido de prudência e tolerância.

Qualquer pessoa sensata percebe sem nenhum esforço que o momento político brasileiro é de extrema gravidade e que se o caos tomar conta do país, ninguém terá motivos para comemorar.

Já disse aqui e repito: o momento é de conciliação nacional ou da busca da formação de um Pacto Social. É que quem assumir o governo num eventual impedimento de Dilma Rousseff - se não tiver capacidade para pacificar o país, o caos se instalará no país e ai, salve-se quem puder.

A mudança no tom do discurso do deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) deve ser tomado como um ‘grito de alerta’ e um chamamento à nação para um entendimento nacional.
Postar um comentário