segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Por que Temer não manobra contra Cunha?


Temer e Cunha: vinhos de uma mesma pipa

“Nesta situação tensa que existe no momento, não quero praticar deslealdade institucional. Isso eu jamais praticaria.” (Frase de Michel Temer).
Palavras ditas da boca para fora.

Por que, o vice-presidente da república e presidenta nacional do PMDB Michel Temer, um político tão “cioso” da boa administração e da moralização da política nacional não se manifesta contra o presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha, contra quem está sendo aberto um processo de cassação na casa presidida por esse parlamentar fluminense,  por quebra de decoro parlamentar e denuncias do procurador-geral da república ao STF por crimes de lavagem de dinheiro e corrupção.

O PMDB de Michel Temer e Geddel Vieira Lima trama contra o governo Dilma Rousseff e, isso só não vê que não quer enxergar. Até parece que os petistas são ingênuos, porque vivem insistindo em manter Michel Temer na órbita do governo. Ocorre que Michel Temer e a sua turma querem apear o PT do governo a qualquer preço.

 A presidenta Dilma Rousseff ao invés de ficar apelando para os bons "sentimentos e reciprocidade" dos peemedebistas, deveria se voltar para o povo brasileiro e dialogar com ele, falando olho no olho e revelando ao país o verdadeiro caráter do PMDB. Um partido que faz parte do governo, mas, que por puro oportunismo está se apresentando como oposição. Oposição é o PSDB. Não entro no mérito se verdadeira ou não. 
Postar um comentário