segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

O PT não favorece o seu governo



A presidenta Dilma Rousseff, para criar um ambiente menos hostil ao seu governo, precisaria dialogar com a oposição em busca da construção de um pacto político que permita ao país garantir a governabilidade.

Mas, o seu partido não colabora com o seu governo ao adotar um discurso arrogante, o que impede a criação de pontes para a formação de um pacto político de salvação nacional. É que o Partido dos Trabalhadores (PT) em que pese as denúncias que pesam contra os seus principais líderes, ainda posa de sacerdotisa de Vesta.

A presidenta Dilma Rousseff, que segundo à grande imprensa nacional já pensou em deixar o PT se tivesse tomado essa decisão lá atrás, hoje teria condições para propor um pacto político de salvação nacional, usando como atração dos partidos de oposição responsáveis, a promessa de após realizar as reformas e ajuste fiscal convocar uma nova eleição.

O Palácio do Planalto precisa entender que o que está em jogo é o futuro do país e não o futuro do PT e do criador e tutor da presidenta: Luiz Inácio Lula da Silva.
Postar um comentário