domingo, 20 de março de 2016

O PT quis abandonar Dilma para resguardar Lula




Por Antônio Silvino Virgulino Ferreira Souza

O PT quis abandonar Dilma para promover Lula e deu errado. Isso quer dizer que os maus momentos por que passa o governo Dilma Rousseff deve-se em grande parte ao Partido dos Trabalhadores (PT), que em face do escândalo do Petrolão e do agravamento das crises política, econômica, moral e ética, tentou descolar a imagem de Lula do governo da presidenta que ele inventou, para que um petista histórico não lhe fizesse sombra.

Mas, como o escândalo do Petrolão, o tríplex no Guarujá e o sítio em Atibaia jogaram Lula na Operação Lava Jato, o Partido dos Trabalhadores (PT) reviu os seus planos de salvar o ex-presidente da república, que Dilma Rousseff, por gratidão só se refere a ele, como presidente, embora Lula seja ministro Chefe da Casa Civil.

A cúpula do PT ao orientar suas bancadas na Câmara Federal e no Senado para votar contra o Ajuste Fiscal e a CPMF, o fez no sentido de desvincular Lula das medidas amargas que o governo federal, hoje ou amanhã vai ter que adotar, para tentar recolocar o país no caminho do crescimento.

Lula na realidade não queira assumir um ministério e ser um subordinado de Dilma Rousseff, mas diante da possibilidade de ser preso pela Operação Lava Jato se viu obrigado a ser ministro e ter foro privilegiado. 
Postar um comentário