segunda-feira, 11 de abril de 2016

O PMDB não representa uma alternativa e nem é oposição



O PMDB não representa uma alternativa ao governo da presidenta Dilma Rousseff, porque faz parte do governo com o vice-presidente da república, seis ministérios e mais de 600 cargos    

As pesquisas que vem sendo feitas pelo Instituto Datafolha, apontam uma rejeição ao nome do vice-presidente da república Michel Temer, quase no mesmo nível do da presidenta Dilma Rousseff.

Essas pesquisas refletem uma realidade, ou seja, a corresponsabilidade do PMDB com os desmandos administrativos do governo do Partido dos Trabalhadores (PT). Não custa anda lembrar, que o PMDB de Michel Temer ocupa seis ministérios (já foram sete) e mais de 600 cargos no segundo e terceiro escalões do governo que ai está.

O povo brasileiro tem plena consciência de que o PMDB desde a Nova República está no poder por via direta e indireta. Michel Temer foi companheiro de chapa de Dilma Rousseff em 2010 e 2014. Como o PMDB pode querer negar o óbvio e querer se apresentar ao país como oposição e uma alternativa ao governo do PT? Isso tem nome: cinismo e mau-caratismo.

Nos governos Dilma Rousseff os peemedebistas em ocupando ministérios que são considerados as joias da coroa, como os ministérios de Minas e Energia e da Saúde.

Convém lembrar que os poderes Legislativo e Judiciário também tem responsabilidades com a governabilidade.

Por Joachim Arouche

Postar um comentário