segunda-feira, 9 de maio de 2016

Economia doméstica deve ser ensinada no lar e na escola



A ideia da criação de Cursos de Economia Doméstica, no Brasil, surge em 1945, por ocasião da III Conferência Interamericana de Agricultura, realizada em Caracas, com o tema:  A mulher e o fomento agrícola. Era necessário pessoal técnico para orientar o agricultor e sua família sobre as formas e os melhores métodos de administração doméstica e de aproveitamento de produtos rurais. Em 1952, foi implantada a primeira Escola Superior de Ciências Domésticas, na Universidade Rural do Estado de Minas Gerais, hoje Universidade Federal de Viçosa. A primeira coluna jornalística sobre Economia Doméstica foi lançada na década de 80 pelo Jornal do Brasil e seu comentarista era o professor da Fundação Getulio Vargas, Felicissimo Cardoso Neto.

A área de atuação do economista doméstico está diretamente ligada à responsabilidade de sua função: auxiliar no desenvolvimento social. Em outras palavras, quem se forma em Economia Doméstica lidará nas áreas de alimentação, higiene, saúde e vestuário familiares e de empresas e, ainda, com as leis do direito do consumidor, todas estas relacionadas ao desenvolvimento de pessoas e instituições. (com Wikipédia)

Dicas sobre economia doméstica no que tange ao consumo de energia elétrica.

Crie o hábito de apagar a luz toda vez que sair de um cômodo.

Tire todos os aparelhos da tomada quando não estiverem em uso. O modo stand-by também consome energia.

Só use máquina de lavar roupa e louça na capacidade máxima.

Troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que, apesar de mais caras, duram mais e consomem menos energia

Se o seu chuveiro for elétrico, reduza o tempo no banho para no máximo cinco minutos.

Não exagere no uso do ar condicionado.

Cheque periodicamente a borracha de vedação da porta da geladeira. Quando ela está gasta, o ar quente entra dentro do eletrodoméstico, que precisa de mais energia para manter a temperatura interna reduzida. Isso produz eleva o consumo de energia.

Não durma com a televisão ligada. Use a função sleep.
Postar um comentário