terça-feira, 3 de maio de 2016

Perfil de Temer não guarda semelhança com o de Itamar


O perfil de Michel Temer não guarda nenhuma semelhança com o do ex-presidente da república, Itamar Franco. O político baiano/mineiro Itamar  sempre foi um político à moda antiga, cujo traço marcante na sua personalidade era sua absoluta intransigência com malfeitos. Nesse aspecto, merece ser relembrada a atitude do presidente quando pairavam dúvidas sobre a ética de seu principal ministro, o então chefe da Casa Civil, Henrique Hargreaves. O ministro não era apenas amigo de Itamar, os dois eram como irmãos. Nada disso impediu o presidente de afastar o auxiliar até que uma sindicância apurasse a suspeita sobre Hargreves de estar associado à prática de corrupção. Como nada ficou provado contra o seu ministro, Itamar o reintegrou ao cargo.

Já o presidente nacional do PMDB e vice-presidente da república, Michel Temer, além de presidir um partido com um número expressivo de parlamentares envolvidos pela Operação Lava Jato no Petrolão, Temer já teve o seu nome citado pelos delatores Fernando Baiano e Júlio Camargo. Segundo Júlio Camargo, o lobista Fernando Baiano era conhecido como representante do PMDB, o que incluiria Cunha, Renan e Temer.

Na primeira interrupção de mandato presidencial na história brasileira, Café Filho negou lealdade a Getúlio e saiu da História para entrar no esquecimento, tendo de renunciar, sob alegadas razões de saúde, já em meio às articulações de um golpe para impedir a posse de Juscelino Kubitschek.

No episódio Collor, Itamar Franco mesmo já tendo rompido politicamente com o Presidente, não fez nenhuma articulação para assumir o cargo. Recolheu-se ao silêncio, não conspirou, não se exibiu, não se serviu da situação, mesmo já estando na cota de desafetos pessoais do presidente em desespero.

por Joachim Arouche
Postar um comentário