segunda-feira, 20 de junho de 2016

Treinador não opera milagres e sem liderar o time não ganha jogo



Cristóvão Borges é um treinador rodado, como se diz na gíria

O papel principal do treinador é saber motivar o elenco e cada jogador em particular. Saber administrar os egos e descobrir o que motiva e desestimula cada jogador, é fundamental para o sucesso do treinador a frente de uma equipe de futebol.

Para muitos comentaristas brasileiros, essa é a maior virtude do hoje treinador da Seleção Brasileira, Adenor Leonardo Bacchi, mais conhecido como Tite, um dos treinadores mais bem sucedidos em atuação atualmente no Brasil.

Treinar um time de futebol é como gerenciar uma empresa, onde o gerente tem que saber lidar com todo tipo de comportamento de modo manter sempre motivado o grupo e amoral da equipe elevada.

O gerente, assim como o treinador tem que ter autoridade e moral suficiente para sacar do time ou dispensar o funcionário desmotivado, com baixa autoestima e desinteressado pelo sucesso da empresa, para não ver todo um trabalho ficar comprometido.

O novo treinador do Sport Clube Corinthians Paulista, Cristóvão Borges para ser bem sucedido num clube que conquistou suas maiores glórias com Tite, vai ter que primeiro sentir o seu novo grupo e descobrir o segredo de Tite, para ter sempre o controle sobre o grupo e mantê-lo sempre motivado.

Postar um comentário