quarta-feira, 31 de agosto de 2016

A vítima de um grande complô

Hoje mais do que ontem, estou convencido de que a ainda presidenta afastada Dilma Rousseff, foi vítima de uma grande conspiração. Conspiração essa, que contou com a participação, inclusive de petistas que veem na agonia e tragédia dessa mulher admirável, uma chance de que Lula sobreviva aos escândalos do Mensalão e do Petrolão.  

Não é à toa que o Partido dos Trabalhadores (PT) está filmando toda essa ‘tragédia anunciada’ para a realização de documentários que servirão num futuro não muito distante para catapultar uma eventual candidatura de Luís Inácio Lula da Silva. Isto é, se esse senhor conseguir manter os seus direitos políticos.    

No discurso da presidenta Dilma Rousseff nessa última fase do seu processo de impedimento, a ausência do PT no seu discurso foi bastante emblemático e sugere que ela deverá seguir um novo rumo na sua vida pública. O PT ao não lhe emprestar apoio na tese do plebiscito e na sua política de ajuste fiscal, sinalizou que estava se afastando do governo Dilma.

“Num tempo
Página infeliz da nossa história
Passagem desbotada na memória
Das nossas novas gerações
Dormia A nossa pátria mãe tão distraída
Sem perceber que era subtraída
Em tenebrosas transações”. (Chico Buarque)

“Apesar de você amanhã há de ser outro dia. Eu pergunto a você onde vai se esconder Da enorme euforia?”. (Chico Buarque
Postar um comentário