quinta-feira, 22 de setembro de 2016

“O PT não consegue sair das cordas”

No espaço de 15 dias, o Partido dos Trabalhadores (PT) sofreu dois duros golpes: o primeiro, foi na semana passada, quando o ex-presidente da república Luís Inácio Lula da Silva virou réu num segundo processo e nesta quinta-feira (22/09), foi a vez do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega ser preso pela Polícia Federal (PF), por determinação do juiz Sérgio Moro.   

O PT toda vez que tenta sair das cordas, como se diz no jargão da luta de boxe, toda vez que um lutador fica encurralado.  

O PT foi ferido de morte pela Operação Lava Jato e tudo levar a crer que esse partido só conseguirá sobrevier à essa operação, com as suas principais lideranças imergindo e e nomes como o do advogado e ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
Postar um comentário